Viajar é coisa de gente rica?

Foi-se o tempo.

Hoje em dia, seja no Brasil ou para qualquer lugar do mundo, viajar (e viajar barato!) é coisa de gente organizada e determinada. Não é mais necessário gastar milhares de reais para se fazer uma viagem legal, seja no Brasil ou no exterior. Esse mercado (turismo) está em constante expansão e a concorrência faz com que os preços acabem ficando atraentes para uma quantidade maior de brasileiros. Além dos preços, também existem as facilidades de pagamentos (tanto de passagens aéreas quanto de hotéis) em “suaves” parcelas oferecidos pelas agências para quem assim desejar…

Viajar de avião, que até bem pouco tempo atrás era quase que uma exclusividade das classes rica e/ou média alta, agora está mais ao alcance de todos também.

A fobia de viajar, que atormenta uma parcela considerável de pessoas, também pode ser minimizada, já que as estruturas oferecidas pelas agências ao “viajante inexperiente” faz com que o mesmo não se preocupe com absolutamente nada. É quase que como se o turista fosse levado “no colo” desde sua origem até o seu destino, durante sua permanência no destino e deste último até o seu retorno. E essa segurança se estende inclusive para viagens internacionais, onde o turista pode inclusive viajar barato, sozinho e não falar o idioma do país de destino que isso não será um grande problema para o mesmo.

Com isso, pode-se observar que o hábito de viajar pode ser incorporado a uma parcela muito maior da população brasileira, mas talvez boa parte da mesma ainda não saiba disso. E esse hábito pode trazer grandes benefícios para os praticantes, seja este benefício cultural, de saúde, de relação interpessoal, entre outros campos.

Por isso, segue novamente a dica: VIAJE… E VIAJE SEMPRE QUE PUDER! Seja ousado, colecione destinos. Faça da sua passagem pela Terra um bom motivo para conhecê-la bem.

Grande abraço a todos…

E boa viagem! Sempre! Bye!

Booking.com

The following two tabs change content below.
Luiz Carahu é professor, carioca, e apaixonado pela arte de conhecer lugares novos. Sempre que é possível, dá uma escapada para dar uma monitorada no mundo e ver se está tudo em ordem pelo planeta Terra...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *