<center>Extraindo, em 3 dias, o melhor de uma visita a Amsterdam… </center>

Extraindo, em 3 dias, o melhor de uma visita a Amsterdam…

CHEGANDO PARA 3 DIAS NUMA DAS CIDADES MAIS “SIMPÁTICAS, DIVERTIDAS E VANGUARDISTAS” DA EUROPA…

Após fazer uma parada de trem super estratégica em Bruxelas, segui numa viagem de +- 2 hs até a capital dos Países Baixos, Amsterdam, a cidade dos belos canais, mais precisamente chegando (via companhia ferroviária Thalys) na estação Amsterdam Centraal (que fica no centro da cidade). Eram por volta de 19:30 hs mas, como em agosto os dias são mais longos na Europa (só anoitece por volta das 21:15 hs), ainda era bem cedo para pensar em ficar no hotel…

Após fazer o checkin no Fine Seasons Hotel, que fica bem próximo da estação de trem Amsterdam Centraal, por volta das 20 hs já estava na rua (com o mapa da cidade fornecido pelo hotel em mãos) para sair pela cidade e fazer o reconhecimento de campo…

O bom de uma visita a Amsterdam é que a maioria das atrações estão localizadas nesse Continuar lendo

<center>Pit stop esperto para uma visita a Bruxelas… </center>

Pit stop esperto para uma visita a Bruxelas…

PARADA ESTRATÉGICA PARA UM CHOCOLATE E UMA CERVEJA…

A idéia era explorar ainda mais a qualidade da malha ferroviária européia. Por isso, resolvi sair de Paris (via rede ferroviária Thalys), através da estação Gare Du Nord para fazer uma visita a Amsterdam, mais especificamente chegando à estação Amsterdam Centraal. Mas, antes disso, não poderia deixar de fazer uma parada estratégica na capital belga, que também é conhecida como a capital européia dos chocolates e das cervejas: Bruxelas.

A cidade talvez seja uma das paradas para pit stop mais convidativas para quem viaja de trem pela Europa. Uma visita a Bruxelas de 6 a 8 horas de duração é suficiente para conhecer boa parte da cidade de maneira satisfatória…

Ao desembarcar, vindo de Paris, na estação Brussels-Midi (viagem de +- 1h e 30 min) e guardar as malas nos maleiros de fácil utilização disponíveis na estação, segui com o mesmo bilhete para a estação Brussels-Central (você tem direito pois veio de trem até Brussels-Midi) e, de lá comecei o passeio pela cidade.

Para começar, fui andando da estação até a Continuar lendo

<center>Extraindo o máximo de uma visita a Paris (com bate-volta em Versailles) em 4 dias intensos… </center>

Extraindo o máximo de uma visita a Paris (com bate-volta em Versailles) em 4 dias intensos…

VIA EUROSTAR, DESEMBARCANDO PARA UMA VISITA A PARIS…

Vindo diretamente de trem, via Eurostar, da estação Saint Pancras International em Londres, após uma viagem de +- 2,5 hs, desembarquei na estação Gare Du Nord em Paris para dar sequência a minha viagem, que se iniciou em Londres. Para essa visita a Paris, selecionei 4 dias que, para a quantidade de pontos turísticos que pretendia visitar, deveriam ser intensos… Mas, apesar do tempo apertado, acabou sendo uma visita bem Continuar lendo

<center>Visita a Londres (com bate-volta em Cambridge e Liverpool), UK, em detalhes e de maneira econômica… </center>

Visita a Londres (com bate-volta em Cambridge e Liverpool), UK, em detalhes e de maneira econômica…

CHEGANDO À TERRA DA RAINHA…

Explorando mais uma trilha pelo mundo, resolvi desta vez fazer uma nova visita à Europa, contemplando dessa vez (pela segunda vez) o Reino Unido (mês de agosto, onde o clima estava ótimo, pois era Verão na Europa), mais precisamente numa visita a Londres. Planejei 5 dias na Terra da Rainha, antes de sair para outros destinos, os quais relatarei em posts futuros…

O planejamento desta viagem foi um dos mais complexos que já fiz uma vez eu tinha a intenção de conhecer muitos pontos turísticos nesse espaço de tempo, fazendo uma combinação complicada entre dinheiro, tempo e distância entre os pontos. Mas, no final de tudo, acabou dando muito mais certo do que planejei e acabou resultando numa boa elaboração de roteiro (incluindo duas visitas bate-volta para Cambridge e Liverpool) para o tipo de viajante MÃO-DE-VACA (assim como eu…rs).

Pois bem: após comprar a passagem de avião e as passagens de trem que eu iria utilizar para me deslocar dentro do Reino Unido (mais detalhes sobre os trens ao longo do post), comecei a estudar como fazer o  deslocamento interno dentro de Londres de maneira barata e eficiente. E, para isso, foi preciso estudar cuidadosamente, dentre outros, o mais famoso sistema de transporte público londrino (que também é um ponto turístico à parte): O UNDERGROUND (METRÔ).

Logo que se desembarca do avião no aeroporto de Heathrow, sua vida de viajante mão-de-vaca no metrô já Continuar lendo

<center>Visita a Milão: como explorar a cidade de maneira EFICIENTE! </center>

Visita a Milão: como explorar a cidade de maneira EFICIENTE!

RESPIRANDO A MODA…

Esticando mais uma vez minha passagem pela Itália, vindo de Veneza, resolvi respirar os ares da cidade mais fashion do mundo, numa visita a Milão. Para ir de Veneza a Milão, a viagem de trem foi bem rápida, em torno de 2h.

Confesso que, quando decidi fazer essa visita a Milão, fiquei meio preconceituoso com relação à cidade… Afinal, o que fazer lá? Não é uma cidade de grandes atrações turísticas, não é uma parada obrigatória para quem visita a Itália… Por que ir até lá?

Respondi para mim mesmo, após algum tempo refletindo sobre isso: em primeiro lugar, a cidade é destino fácil vindo de Veneza. Se eu tenho alguns dias disponíveis, por que não fazer essa visita a Milão? E, em segundo lugar, eu estaria me enganando, achando que Milão não tem o seu valor… É uma cidade LINDA! De fato, não tem o atrativo turístico de outros pontos da Itália mas, se fizermos uma análise mais minuciosa, logo percebemos que: trata-se de uma das cidades mais desenvolvidas da Itália, é a cidade de 2 dos maiores clubes de futebol do Mundo, abriga uma das Continuar lendo